imagem Complexo do Baú e Campos do Jordão

Final de semana de 17 a 19 de junho, foi a vez de ir passear em São Paulo e conhecer o Complexo do baú e Campos do Jordão.

Meu sonho desde menina era subir no Baú, eu passei uns três verões, durante a adolescência, indo para um acampamento chamado Paiol Grande, que fica na cidade de São Bento do Sapucaí, e uma vista privilegiada para o complexo! Eram semanas cheias de pura alegria, só recordação boa, e sempre o sonho de um dia ir lá conhecer aquela pedra que foi testemunha de tantos momentos bons. Então ter a oportunidade de subir em seu topo, teve um valor ainda mais especial para mim ❤

Vou contar como foi nossa trip em detalhes, que eu sei que vocês gostam. Essa foi mais uma viagem com o pessoal do Sua Aventura que eu já falei aqui que adoro e já fiz com eles Ibitipoca, Jalapão e Bananal.

Saímos sexta-feira as 20:00 da rodoviária e chegamos em São Bento do Sapucaí cerca de 02:30 de manhã.  Nós ficamos no Albergue Luna Hostel que é excelente, simples mas confortável e limpinho, com café da manhã bem gostoso.

Sábado de manha saímos rumo ao Complexo com a missão de conhecer suas três principais pedras: Bauzinho, Ana Chata e Baú.O complexo rochoso fica localizado no município de São Bento do Sapucaí, na Serra da Mantiqueira entre a exuberante Mata Atlântica.

Ao todo andamos cerca de 8km, com muitas subidas, descidas e degraus. Foram quase 12 horas andando, mas valeu cada segundinho!!! Com o corpo quente você vai indo, quando voltamos para base da trilha e o corpo esfriou, a idade mostrou sua cara e fiquei com dor no corpo todo (que dura até hoje, aliás). Antes de irmos a Érica, minha amiga, fez maior terrorismo dizendo que era muito difícil, ela duvidou que a semi-patricinha aqui fosse conseguir, então concluir o circuito e ser uma das primeiras a voltar para base foi uma grande vitória, sensação de dever cumprido, sabe?

2016-06-20 18.58.21
Bauzinho e Baú (Foto: Sua Aventura)

Trilha para Pedra do Bauzinho

Atividade: Caminhada;

Distância (ida e volta): 470 metros (30min);

Altitude:1760 metros ;

Classificação: Fácil;

Orientação: Fácil.

2016-06-18 10.53.50-2
Vista do Bauzinho

Essa trilha é super fácil, e tem uma vista linda pro Baú e a Serra da Mantiqueira. Vale super a pena!! Não tem muitos obstáculos, nem descidas e subidas, molezinha 😉

Trilha para Pedra Ana Chata

Atividade: Caminhada com via ferrata;

Distância (ida e volta): 3,8 km (2 horas);

Altitude: 1670 metros;

Classificação: Moderada;

Exposição ao risco: Moderada;

Orientação: Difícil.

2016-06-18 23.13.06
Eu, Érica e Jéssica com o Baú no fundo

2016-06-21 20.35.41

A trilha para Ana Chata já é mais complicada, exige guia (na minha opinião) e tem um trecho que você tem que se espremer por uma fenda na rocha, que é bem apertado e escuro (claustrofóbicos não passarão), além disso tem degraus na rocha e uns trechinhos com exposição à altura que vc precisa segurar num corrimão.

Mas a vista é linda, ela permite ver o lado oposto da pedra do Baú (em relação ao Bauzinho), e mais Serra da Mantiqueira, para quem gosta de trilhar, eu recomendo! Há quem diga que é a vista mais bonita das três.

 

Trilha para Pedra do Baú

Atividade: Caminhada com via ferrata;

Distância (ida e volta): 4,0 km (3horas);

Altitude: 1950 metros;

Classificação: Pesada;

Exposição ao risco: Severa;

Orientação: Difícil.

As escarpas do Baú chegam a até 350 m de altura e seu cume,a 1950m de altitude, pode ser alcançado por mais de 660 “degraus” cravados na rocha. Esse degraus, na verdade, são ferros, para quem tem medo de exposição à altura esta trilha é totalmente desaconselhada, nós estávamos com guias e equipamentos de segurança e mesmo assim deu um friozinho na barriga.

Pode subir sem equipamento, não há muito controle no parque, mas eu acho guia e equipamentos de segurança são EXTREMAMENTE necessários nesta trilha. Para quem está sem guia e sem equipamento a boa é ficar ali no Bauzinho que também tem uma vista linda.

Massss quem sobe no Baú tem uma linda recompensa que é a visa do ponto mais alto do complexo (e aquela sensaçãozinha de vitória). A vista é simplesmente fabulosa, para mim a mais linda!:

2016-06-18 16.15.01-1

—x—

Não deixem de ver o vídeo no Youtube que eu mostro tudinho!!!

Link Vídeo: Complexo do Baú

—x—

Quem não gosta de trilhar estranha esse prazer que nós temos em andar pelo mato, em conquistar um cume, mas é uma sensação inexplicável, todos deveriam se dar esta oportunidade.

Bom, cerca de 20:00 estávamos todos na van, e fomos direto jantar no restaurante Sabor da Serra, que tem refeições e um rodízio de pizza e caldos. Tudo estava muito gostoso, super recomendo este restaurante lá em São Bento do Sapucaí. O engraçado foi a cara das pessoas, cheirosas e arrumadas, olhando para gente, sujos e acabados.

Dormimos no mesmo albergue e domingo seguimos rumo a Campos de Jordão (uhuu). São cerca de 1:30 de viagem, ou seja, super vale fazer a dobradinha.

Campos do Jordão

Dicas do que fazer:

-Subir o Morro do Elefante de Teleférico

Acho que uma das principais atrações de Campos vale muito a pena!! Pegamos uma filinha que durou quase uma hora e custa R$15, mas a vista lá de cima compensa e o friozinho na barriga também, confesso que dá um medinho (para quem subiu o Baú um dia antes é até engraçado, mas que dá medinho dá! rs)

– Tomar um chocolate quente Suiço

Foi nossa primeira parada, fomos no Chocolate Montanhês que tem um chocolate quente perfeito (custou R$12 o grande, salgadinho o valor mas vale a pena e as calorias haha)

– Conhecer a Cervejaria Baden Baden e Passeio de Quadriciclo

Esses não conseguimos fazer pois o tempo disponível não ajudou (ficamos cerca de 4 horas em Campos). A dica é reservar a cervejaria com muita antecedência na alta estação, pois esgotam rápido os ingressos para visitação. O passeio de Quad é salgadinho mas dizem ser muito legal!

– Pastel do Maluf (32cm de gostosura)

Eu não fui mas uma galera da excursão foi e amou, diz que serve bem duas pessoas, é uma refeição dentro do pastel!

-Passear pelas lojinhas e ruas de Campos

As ruas de Campos são lindas, um estilo europeu, muito arborizadas, dá prazer de ver. Tem muitas lojinhas de malhas, chocolates, bebidas, uma perdição!

Também há muitas opções de bons restaurantes (muitos com opção de fondue) e vae bastante a pena conhecer algum.

 Não deixem de ver o vídeo no Youtube que eu mostro tudinho!!! 

Link Vídeo: Campos do Jordão

Saímos umas 15:00 de lá e foram 6h de viagem até o Rio, ou seja, super vale a pena tirar um final de semana para conhecer Campos. Eu já quero voltar pois algumas horinhas não foram suficientes 🙂

Espero que tenham gostado do post, beijos,

Bia

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s