Toronto por Alex Silva, do @Viajeiviciei

 Oi gente, o blog está cheio de novidades!!!! Uma delas é a nova tag que vocês viram semana passada chamada “Bia Entrevista” que ficou super legal e as próximas participações estão maravilhosas, estou ansiosa para compartilhar com vocês. Além disso, o blog tem novos colaboradores e parceiros, aguardem posts com destinos super diferentes! Eu também devo participar em outros blogs com posts novos, ou seja só energia boa vindo! Hoje quem veio colaborar foi o Alex Silva, do @viajeiviciei. Ele está começando agora e ainda não tem blog mas já tem instagram e facebook, e o nome já diz tudo, outro viciado em viagens! Adorei as dicas dele e espero que vocês gostem também!
Segue o texto na íntegra:Toronto no inverno pode ser um filme americano, mas não vacile para não morrer congelado! Por Alex Silva, do @Viajeiviciei

E ai galera, me chamo Alex tenho 26 anos sou publicitário e moro em SP mêu (mas não tenho sotaque rsrs)

Vou contar um pouquinho de como foi minha experiência de passar 40 dias em Toronto, ONTARIO, Canadá em pleno inverno de 2015 (onde era esperado ser um do mas rígidos da história da América do Norte, pensa num frio!

 
 Primeiro de tudo: Não, eu não pedi demissão do trabalho apenas calculei/planejei muito bem os 40 dias de férias (30 dias férias padrão + feriado do carnaval + hora extra + “- Chefe preciso emendar a quinta na sexta, poxa, to indo dar um up no inglês!”)

Na verdade, eu não queria ir para o Canadá,Toronto veio como segunda opção que caiu como uma luva a partir do momento que vi que ia conseguir realizar um dos meus sonhos (Ir para New York) sem necessariamente estar nos Estados Unidos e ainda ia acabar economizando uma grana apenas visitando NY em um final de semana de ônibus. E foi o que eu fiz. A melhor escolha que fiz.

Vou tentar dar uma resumida em alguns tópicos:

Dicas Gerais:
Não adianta levar roupas de inverno do Brasil. Leve no máximo o seu melhor casaco na mala da mão para colocar logo que o avião abrir as portas e coloque ele sem cerimonias assim que ele pousar (se você estiver indo em janeiro, claro).Todo mundo tentou me avisar: “Alex, o Canadá é muito frio”. Ok. Eu sou de São Paulo, já passei julho em Campos do Jordão e peguei 10c, 5c até.
Mas amigo, você não sabe o que é frio nem se entrar na geladeira e passar a noite dentro. O Canadá é complicado! Leve uma blusa, e o resto você compra lá mesmo. #vaipormimEscola:
Antes de tudo, tudo. Não pensem que vão aprender inglês em um mês de intercambio mesmo na gringa. Não existe isso. Esse também não era meu objetivo, eu já fui sabendo e só juntei o útil ao agradavel em tirar férias do trabalho e estudar um pouco que eu tava precisando rsrs

Estudei na ILSC – TORONTO, ela tem o selo Alex Silva de qualidade (sim, eu amei e super indico) E sabe por que? Existem várias escolas de idiomas em Toronto eu pesquisei bastante antes de ir. Tem escolas grandes, pequenas, afastadas, com aulas complementares… são vários os detalhes. O meus inglês não era ruim, era enferrujado, bem por sinal. Mas escolhi uma escola grande pois queria conhecer uma galera de várias países (sim conheci, mas em todas salas tinha pelo menos uns 3 brasileiros) E depois do almoço essa escola tem aulas e atividades ótimas! Tipo, aula de Street talks. – Basicamente você aprende a conversar igual “o 50 cent canta uma música”. É completamente diferente de você fazer uma escola de inglês no Brasil e aprender o verbo to be da vida. Mas isso nem é o mais legal. As atividades do dia, são por exemplo, o que tem de bom para fazer na cidade no dia. No dia que tem jogo da NBA eles reunem todos alunos da escola e então você consegue comprar os ingressos direto na recepcão da escola, e ai vai todo mundo junto. Teve um outro dia que fomos todos conhecer uma emissora de TV local. Se você escolher uma escola que não tenha tanta estrutura, talvez eles não consigam oferecer isso.

 Estadia:

Fiquei em Homestay de filipinos (em Toronto, como no Canadá inteiro tem muitos imigrantes. principalmente da Asia pois eles tem tem dificuldades para imigrar para para os EUA e lá é o mais próximo que podem chegar disso)  São muito atenciosos, no segundo dia eu estava me sentindo em casa, andando pela casa, abrindo a geladeira, fazendo tudo o que eu queria.

Eu tinha meu quarto, a chave da casa e não tinha horários nem nada do gênero. Funciona como um Hostel de luxo praticamente, mas é pura sorte pois se você cair em uma família “ruim” pode ter problemas e isso acaba afetando sua trip e isso é a última coisa que nós viajantes queremos. (homestay estão ligadas a escolas de idiomas. Escolhendo boas escolas, você tem mais chances de não ter problemas) – Gente, sério, a escola não tá me pagando para falar bem. Mas se alguém fechar liga lá e fala que foi por minha causa. #vaique

Gastronomia

Ta aí um ponto legal para falar do Canadá em si. Sabem o motivo? Pois eles tem uma grave crise de identidade! Pensem em qualquer país. O menor que seja, na Asia, América Central, ele sempre tem um prato forte, que o define. No Brasil então, temos uns 10 em cada região do país, certo? No Canadá só temos um prato oficial o Poutine. (Tem post aqui)

 
Ele é bom? Sim é, mas ele é batata frita com molho de carne e queijo temperado em cima. Ele mais é um acompanhamento. Função essa tão grande que se você for em um Mc Donalds de Toronto consegue trocar a famosa batatinha por poutine (o Mc Donalds quase nunca meche em seu cardápio ao redor do mundo).

A influência dos imigrantes nessa hora faz diferença, no dia-dia de quem vive em Toronto a alimentação básica não é a local mas sim uma pitada de cada país. Japonesa (com o verdadeiro salmão de águas geladas!) árabe, Italiana e muita junk food!

Na verdade, tem outra coisa, que é um patrimônio para todo canadense e faz qualquer um que passou pelo Canadá dar um sorriso quando se fala sobre ele pois só tem lá, é o Tim Hortons.

Tá mas o que é? Vou resumir do meu jeito direto ao ponto pra vocês, ele é o StarBucks muito mais barato, muito mais gostoso.

Um canadense tava me explicando que uma das estratégias do cara dono do Tim Hortons foi que logo no início da marca, ele apadrinhou vários times de Hockey – esporte equivalente ao futebol aqui no Brasil para os Canadenses. E então patrocina esses caras até hoje, e eles são muito gratos. Mantendo sempre a qualidade e preço justo, ele virou referência.

 
Diversão
 
Como bom brasileiro, eu dei o maior vacilo logo na primeira semana de Toronto. Fui em um bar tomei 3 cervejas. O que já é uma missão foda, pois não vende NENHUMA bebida alcoolica em NENHUM supermercado do Canadá. E então começou a anoitecer. Quando eu achei que ia começar a ficar legal, a moça começa me fala que vai fechar o lugar! Até ai, ok. Bom malandro paulista que sou, pedi mais uma cerveja e já estava saindo bebendo nem ai quando todo mundo fala “ meu, se a polícia te pega, vai dar uma merrrrda”
Pois é, não pode beber na rua no Canadá. PIOR, é crime você ficar bebâdo em alguns estados e sair na rua pois a polícia entende que você pode fazer alguma merda ( e o pior que eles tão certos ) será que por isso em mais de uma mês de Canadá eu não vi um acidente de transito, nenhum crime alá Brasil?Enfim, para não sair nada do controle inventaram 2 solucões as houses partys ( por isso você vê tanta festa em casa em filme americano, você compra as bebidas em lugares específicos, um tipo de adega, e então leva pra casa, e ai sim pode todo mundo ficar muito loco sem ninguém encher o saco). Até a polícia chegar, Claro.E a outra opção, são as outras opcões de balada, no caso de você não conhecer nenhum intercambista ou local. Tem uma até que rola uma festa Brasileira toda quinta feira. Na quinta feira que eu fui, eu ouvi mais português que inglês na balada, era open food de feijoada ( é serio, não to brincando ) e tocou de mc gui até turma do pagode – não tinha como sentir saudade do Brasil.

Dicas rápidas:
  • Ir na ilha Toronto Island. Fica tudo congelado essa época do ano
  • Niagara Falls de ônibus
  • Visitar a Casa Loma, onde foi gravado X-men
  • Se Almoçar ou jantar no restaurante da CN Tower não precisa pagar pra subir, vale a pena! 
Galera, não contei nem metade da minha trip… =/
 

Se a Bia deixar e vocês gostarem eu volto aqui e conto um pouco mais do Canadá e como foi a excursão para New York ! Ok ?

Valeu ! =]
Insta: @viajeiviciei
@alexsilva99
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s