Ilhéus e Itacaré

Gente, esse ano novamente escolhi passar minha virada na Bahia. 2014 foi um dos melhores anos da minha vida e espero que 2015 mantenha o ritmo, ele já começou bombando!
Eu sou carioca, mas minha alma tem dendê, eu AMO a Bahia, para mim Bahia é puro amor. As pessoas, a energia, as belezas naturais, a culinária, cultura… tudo em perfeita harmonia!
Os lugares escolhidos foram Itacaré e Barra Grande. Minha amiga Claudinha, fiel parceira, foi comigo. Ela tava meio desconfiada achando que ia ser furada, mas voltou completamente apaixonada também rs Já estamos com planos de passar a próxima virada por lá de novo 😉
Vou fazer aquele roteirinho que vocês já conhecem, dia a dia, e no final as dicas de agências, hotéis e restaurantes, ok? Primeiro vou fazer Ilhéus e Itacaré e em seguida Barra Grande.
Dia 01 (26/12): Rio – Ilhéus 
Voamos de Avianca e chegamos em Ilhéus no começo da tarde. Conhecemos a Catedral de São Sebastião. Outras opções são conhecer o Centro Cultural Bataclan (antigo bordel comandado pela Maria Machadão),  e a Casa de Cultura Jorge Amado.
De noite fomos no show que estava rolando do Henrique e Juliano e Banda Cheiro de Amor, foi bacana!
Dia 02 (27/12): Ilhéus
Vale registrar aqui que acho que não vale a pena passar um dia inteiro em Ilhéus, eu teria ido direto para Itacaré, mas já que estávamos lá, aproveitamos. Pegamos um mototáxi até a praia dos milionários (tem ônibus mas demora muito, só passa um por hora, quando passa, nós voltamos de busu, mas foi meio perrengue). Tem muitas barracas de praia lá, mas como era final de semana estava muito cheio e fomos caminhando até a praia do Cururupe, que foi uma ótima escolha. Lá passa o rio de mesmo nome (amo banho de rio) e tem barracas mais vazias.
A noite fomos para o Pontal, que é o point noturno, mas achei meio mal preservado. Aliás acho que Ilhéus está bem descuidada, tinha tudo para ser um destino turístico mas parece que não se investe nisso. Procuramos passeios para fazer, mas não havia opções. A orla podia ser bonita, cuidada, mas não é o caso. Comemos uma pizza por lá e seguimos para boate Mar Aberto, que é a mais top de lá. Quando saímos tinha uma fila de espera enorme na porta. Não achei grandes coisas, mas pronto é uma opção de vida noturna.
Dia 03 (28/12): Ilhéus – Itacaré 
Acordamos cedo e fizemos mais uma terrível escolha. Decidimos ir para Itacaré de busu (depois todos nos falaram para nunca fazer isso). Custa R$13,20. O problema é que o trecho de 60km que separa Ilhéus de Itacaré demora 3 horas, porque o ônibus vai parando toda hora. Gente demora demaisss, isso num ônibus sem ar, a gente morrendo de calor… Não vale a pena! O transfer custa150 reais, dividindo para mais pessoas compensa!
Chegamos em Itacaré e mais uma surpresa, deu problema com nossa reserva e tivemos que sair do hostel que estávamos e ir para uma pousada. O problema é que eles não queriam cobrar o mesmo valor, e foi uma baita discussão para manterem o combinado. O quarto ainda era péssimo, pequeno e com cheiro de mofo. Mas procuramos outra opção da cidade e não tinha nada que fosse menos que o dobro do que estávamos pagando, então ficamos sem opção. Mas a gota d’água foi o dia que o proprietário começou a gritar com a gente dizendo que brasileiro era tudo mal educado pois havíamos ligado o ar na ventilação e aberto a janela para tirar o mal cheiro. Foi o fim! Não recomendo essa pousada nem pro pior inimigo, péssima! Fora o café da manhã bem fuleira…
Passados os traumas fomos para as praias que ficam próximas ao centro de Itacaré e são uma delícia: Praia do Resende, da Tiririca e Ribeira.
A vida noturna de Itacaré se resume a duas “casas de show”, a Jungle que rola um forró e reggae, e a Favela que rola rock, reggae,.. Fica todo mundo no meio da rua, entrando em uma e outra, e bebendo caipirinha ou cerveja das barraquinhas por  5 reais. Bom demais! Fomos quase todos os dias, a gente dava uma volta na rua Pituba, olhava as lojinhas, os artesanatos, aproveitava um pouco da “festa” e íamos para “casa”. bem light, bem de boa, bem feliz.
Dia 05 (29/12): Itacaré 
No primeiro dia optamos por fazer uma trilha ecológica percorrendo quatro praias selvagens e paradisíacas. A primeira é a engenhoca que é uma bela praia deserta cercada pela Mata Atlântica. Em seguida fomos a praia do Hawaizinho, com muitas pedras, belíssima, e Camboinha que tem ondas fortes e grandes correntezas. Por fim, chegamos a Itacarezinho. O ideal é comer alguma coisa no Hawaizinho ou então levar um lanche pois em Itacarezinho só tem um resort caríssimo. Após a praia, fizemos uma parada para desfrutar de um relaxante banho morno na Cachoeira do Tijuípe, que é top!
Itacarezinho
Itacarezinho 
Esse passeio custou 45 reais com a Lancelot Tour. O guia que foi com a gente foi bem bacana, explicou muitas coisas, nos mostrando a fauna e flora da região.
 
Dia 06 (30/12): Itacaré 
Esse dia fizemos o passeio para Jeribucaçu com a Lancelot tour novamente, pagamos 45 reais. Tem opção de pegar transfer direto para a praia (custa 20 reais), mas preferimos fazer com a Lancelot pois eles fazem uma trilha que segue todo o rio Jeribucaçu, passando pela cachoeira da Usina e um trecho de mangue. São duas horas de caminhada e vale a pena, é super bonita e a cachu é top! A praia de Jeribucaçu, é uma das mais bonitas de Itacaré, o rio desembocando no mar, uma delícia. Lá dá para comer um peixe assado na hora recém pescado, mas é salgado o valor (30 a 60 por pessoa), preferimos ficar na tapioca (8 reais). De lá também fomos até a praia da Arruda que tem piscinas naturais com peixinhos e ouriços.
Itacaré
 
Dia 07 (31/12): Itacaré 
Esse dia quisemos fazer algo mais light, para aproveitar bem a noite do réveillon. Decidimos fazer o passeio de canoa pelo mangue até a cachoeira do Cleandro. Fomos um pouco enganadas, eu achei que seria uma canoa a remo né, e na real era a motor, perdeu um pouco do charme. . O mangue é bem bonito e a cachu do Cleandro é bonita, mas não considero um passeio imperdível, Tem como fazer essa travessia de sup ou kayak, acho que deve ser mais interessante.De canoa direto com o barqueiro é 30 reais mas pagamos 45 na agência, nos demos mal! Fica a dica, basta ir na praia da Coroa que os barqueiros ficam por lá, ai negocia na hora o valor. p.s Paga 10 reais para entrar na cachu do Cleandro. É um passeio curto, dura cerca de 3 horas, dá para conciliar com outro tipo a Prainha, que não conhecemos, fica para próxima!
A virada : Tikal Praia Bar
A virada merece um tópico a parte.Escolhemos a Tikal, na praia dos algodões, que já foi eleita como um dos melhores réveillons do Brasil. Custou caro, 500 reais, mais o transfer de Itacaré (100 ida e volta por pessoa). Para quem vai de Itacaré, tinha muita agência vendendo transfer e galera organizando para dividir táxi, foi tranquilo.
O local da festa é incrível!!!! Céu mega estrelado, praia belíssima, coqueiros, tudo top! Eles deram garrafas de champanhe para cada grupo levar para areia na hora da virada, e rolou até fogos. Eu pulei as minhas 7 ondinhas na virada, que os desejos se realizem!
O que faltou foi comida, quando chegava desaparecia em segundos, e era bem simples: pizza e aipim frito, falaram que a do ano anterior teve até comida japonesa, caiu o nível –´ e o champanhe acabou cedo também, mas não faltaram outras bebidas.
Quando amanheceu eu mergulhei no mar de roupa e tudo, uma delícia! O nascer do sol foi incrível, que visão, que energia! Saímos da festa as 07:30 e ainda tava rolando som, teve gente que ficou até 11 da manhã e disseram que ainda tavam servindo bebida, dj,,,
O café da manhã também foi no nível da comida, desaparecia em segundos, mas tinha bolos e frutas, nada demais, pro valor pagado esperava mais das refeições.
As músicas, foi música eletrônica, não achei sensacionais os djs, mas foi ok. Teve gente que achou desanimado…
A maioria das pessoas que conhecemos por lá era de SP e Minas, e alguns cariocas também.
Bom eu amei a festa e iria novamente. recomendo!
Dia 08 (01/01): Itacaré – Barra Grande
Dia 01 chegamos da festa cerca de 09 da manhã, tomamos café na pousada e seguimos viradas para Camamu. Fomos de transfer e pagamos 100 reais (50 cada uma). Em Camamu pegamos a lancha rápida (R$30) para Barra Grande, sai a cada meia-hora em alta temporada. As cenas dos próximos capítulos vem no próximo post sobre Barra Grande. Aguardem!Outros Passeios que queríamos ter feito:
-Rafting no rio Taboquinhas.
-Trilha para Prainha
-Arvorismo

Dicas
Passeios
Fizemos todos com a Lancelot Tour. Recomendo.
tels:(73) 9916-7583 (vivo)
(73) 9122-5468 (tim)
e-mail: lancelot_tour@hotmail.comTransfer: Leandro (leandroorolim@hotmail.com ou tel:7399167276

Hospedagem
Ilhéus: Hotel Barravento
Não recomendo para quem está sem carro, pois é afastado do centro (não dá para ir a pé). O hotel em si é bom, mas a vizinhança é esquisita, parece uma mini uruguaiana.

Onde NÃO ficar em Itacaré: Pousada Soleil.
Restaurantes 
Divino
Fica na rua Pituba, a decoração é uma graça! Comemos um camarão pistola com gorgonzola e requeijão cremoso no pão italiano com chips de batata doce e arroz. Estava realmente divino, umas das melhores comidas que já comi na minha visa, sem exagero. Custou R$82 para as duas e valeu muito a pena, comemos até nos fartar!
La Cabana
Fica no final da rua Pituba para quem vai em direção as praias, comemos lá quase todos os dias. tem um prato feito de frango ou carne por 23 reais para duas pessoas, super baratinho! E o tempero é caseiro bem suave e gostoso, adoramos! No último dia resolvemos inovar e pedimos strogonofe e camarão com catupiry, não estava tão bom, lá é melhor para comidinha mais simples mesmo.Tio Gu Café Creperia
Essa creperia é top! Comemos um crepe salgado e um doce e ambos estavam perfeitos. Preço justo, recomendo!

 
Nos recomendaram também o Manga Rosa e o À Brasileira. Fica para próxima..
***
Bom é isso, roteirinho rapidinho resumo dos nossos primeiros dias na Bahia, breve vem o post de Barra Grande.
Beijos,
Bia

Fotos: Insta: @roda_mundo ou #rodamundobahia 
            Face: Roda Mundo


 
 
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s