Viajando de Motorhome pela Europa!

Gente, hoje temos uma colaboração muito especial da amiga Belisa ( Instagram: belisa_marinho). Ela e meus outros amigos de Portugal alugaram uma autocaravana (para mim trailer para outros motorhome) e fizeram uma super trip até a França! Nesse primeiro post ela dá dicas de como alugar um motorhome, com dicas, vantagens e desvantagens.. Eu achei muito legal a ideia! Morro de vontade de fazer uma trip assim! 

Segue o texto dela na íntegra: 
Na Europa é muito comum ver famílias passando férias em motorhomes (ou como dizem em Portugal “autocaravanas”). Enquanto para nós parece mais coisa de filme, aqui é um estilo de vida. E cheio de suporte, desde estações para manutenção e limpeza, passando por centenas de campings que ficam lotados no verão, até associações de autocaravanistas. Eis que um belo dia, eu e mais 5 amigos (todos brasileiros e sem experiência com esse tipo de viagem) tivemos uma brilhante ideia: “vamos alugar um motorhome e passear pela Europa”.
 
Antes de tudo, a primeira dúvida que nos surgiu foi: “Qualquer motorista pode dirigir um motorhome?”. Sim! Bom, qualquer pessoa que tenha uma carteira de habilitação do tipo “B” pode conduzir um motorhome do modelo que alugamos (esse modelo varia de tamanho e podem acomodar de 2 a 7 pessoas). Vale lembrar que a carteira brasileira é válida por 6 meses na Europa, após esse tempo é preciso trocá-la por uma local. Logo após ter sanado essa dúvida, fomos atrás de uma empresa para alugar o motorhome. Escolhemos a Camplider, na cidade de Ovar (30 km do Porto) e foi super tranquilo tratar dos assuntos do aluguel. Pagamos 210 euros por dia pelo modelo para 6 pessoas (preço de alta temporada) e como fizemos a reserva com 3 meses de antecedência, ganhamos 10% de desconto. É possível também alugar, a parte, roupa de cama, utensílios de cozinha, mesas, cadeiras, etc. No nosso caso, levamos as coisas de casa mesmo, mas confesso que fez falta uma lona para fazer de tapete do lado de fora.
 
Uma vez tratado os assuntos da reserva, começamos a planejar o roteiro de viagem. Foi uma loucura, muitas reuniões, muito planejamento e adivinha? Conforme a viagem foi acontecendo, tivemos que replanejar tudo diversas vezes. O primeiro erro que cometemos foi querer muito em pouco tempo. Vou fazer um post a parte falando do roteiro que fizemos, mas resumindo, tinhamos 9 dias de viagem e escolhemos sair de Porto e ir até Mônaco (cerca de 1700 km), parando em algumas cidades do litoral sul da França. No total andamos 3900 km, mas foi uma loucura, porque gastamos muito tempo na estrada e faltou tempo para conhecer melhor os lugares. Então minha primeira dica é: se tiver pouco tempo, faça roteiros curtos.
 
Depois de muito planejamento, enfim chegou o dia da viagem! É muito legal ir buscar o motorhome, porque é nesse momento que você aprende a “lidar” com ele. Nos ensinaram tudo: como fazer a limpeza do banheiro, ligar a bomba de água, abastecer o tanque de água, utilizar o gás, etc.. Mas tudo isso é muito simples e logo de cara você já sente que sabe fazer tudo. Também foi legal fazer o test-drive no pátio da empresa. Assim deu pra sentir como era dirigir esse veículo tão grande. A princípio eu fiquei com medo, pois nunca tinha dirigido nada desse tamanho, mas logo acostuma e se torna muito gostoso dirigir. Pra quem não está dirigindo também é gostoso, como estávamos em 6, enquanto duas pessoas cuidavam da direção, o resto ficava jogando baralho, vendo filme ou dormindo. Mas passar muitas horas viajando se torna enjoativo e cansativo, por isso repito: escolha trajetos curtos.
 
Se me perguntarem se vale a pena fazer esse tipo de viagem, eu respondo que sim, mas com ressalvas. Para mim, valeu principalmente pela experiência. Mas acho que só repito se algum dia puder comprar meu próprio motorhome e viajar por bastante tempo!
Para finalizar, e não enrolar muito, vou listar aqui mais algumas dicas com base na experiência que tive:
 
– Na hora de alugar o motorhome, garanta que o veículo será novo e seguro, para evitar transtornos na viagem;
 
– É possível viajar em até 7 pessoas, mas em termos de conforto, um modelo de 6 pessoas acomoda bem na verdade 4 pessoas.
 
– Planeje bem os horários de viagem e acrescente algumas horas na previsão de tempo gasto. As refeições levam pelo menos uma hora para serem feitas. Diferente de um hotel/hostel, você tem que limpar o lugar onde dorme, então acrescente pelo menos mais uma hora por dia para a manutenção do motorhome. Leve em consideração também que o consumo de combustível é alto (600 km por tanque, 90 L) e isso significa muitas paradas para abastecer.
 
– A direção não tem segredo, é muito gostoso. Mas tem que cuidar que o volante vibra um pouco na ultrapassagem de caminhões e ônibus e nas descidas embala muito.
 
– Não alugue para ir para cidades grandes. Além de ser difícil dirigir por ruas estreitas e movimentadas (muito comum nos centros históricos das cidades grandes), é perigoso (principalmente na França). Tivemos uma experiência bem ruim nesse sentido. Deixamos o mothorhome estacionado na rua por 1 hora em Marselha, na região da Notre Dame. Quando voltamos uma janela havia sido arrombada e levaram muitas coisas nossa. Foi um transtorno enorme e uma sensação horrível. Tivemos que ser muito fortes para continuar a viagem. Então não deixe estacionado em qualquer lugar e aproveite os campings.
 
-O banheiro é tranquilo, banho normal, privada.. Só é preciso sempre fazer a limpeza da caixa de esgoto mas isso dá para fazer nos campings. 
 
– Para ajudar no planejamento, nesses links é possível encontrar os locais de serviço (onde tem água e é possível despejar o esgoto) e os campings de Portugal, Espanha e França: http://www.cpa-autocaravanas.com/index.php/areas-de-servico e http://www.camping-car.com/
Esvaziando a caixa de esgoto

 

Hora da janta!

 

 

 

Ela me prometeu fazer outro post com o roteiro que eles fizeram! Vamos aguardar!

Espero que tenham gostado do post-colaboração e queria agradecer muito a Bê por dividir com a gente as dicas!

Bisous,
Bia

 

Anúncios

3 comentários

  1. Adoramos as dicas!!! estamos planejando uma viagem assim em Família (30 dias) partindo de Milão queremos percorrer França, Espanha e Portugal. Nossa dúvida é se é viável fazer essa viagem no inverno (Dezembro/Janeiro). Alguma dica? Ah, detalhe: iremos Casal com 2 crianças (8 e 12 anos)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s