Nosso Roteiro em Santorini! :)

Santorini é o último capítulo da nossa história na Grécia. Fomos de ferry Seajet de Mykonos para Santorini . Foram duas horas de viagem (barco mexia muito quem enjoa é bom levar remédio) e chegamos em Santorini por volta de duas da tarde. Nosso hotel tinha transfer então foi bem tranquilo o que é ótimo pois o porto é bem longe de Fira, onde nos hospedamos.
Santorini é muito diferente de Mykonos e acho que de todas as outras ilhas que conheci. Os seus gigantescos penhacos que se debruçam sobre o mar azul profundo é uma coisa sem igual, e eu fiquei boquiaberta, as casinhas no alto dos penhascos que ao longe parecem neve, o leve colorido das igrejas em azul, um sonho!
O arquipélago de Santorini é essencialmente o que restou depois de uma gigantesca erupção vulcânica que destruiu os primeiros assentamentos humanos que existiam na antiga ilha e que criou a caldeira geológica atual. A enorme lagoa central retangular, é cercada por 300 metros de altura de íngremes penhascos, em três dos seus lados e está ligada ao mar em dois lugares, a noroeste e sudoeste. A profundidade de 400 metros da cratera torna possível que todos os maiores navios de cruzeiro ancorem em qualquer lugar da baía protegida. Santorini é o centro vulcânico mais ativo no arco vulcânico do sul do mar Egeu, embora o que permaneça até hoje seja principalmente uma caldeira cheia de água. O arco vulcânico tem aproximadamente 500 km de comprimento e de 20 a 40 quilômetros de largura.

A ilha é o local de uma das maiores erupções vulcânicas já registradas na história humana: a erupção minoica (às vezes chamada de erupção de Tera), ocorreu cerca de 3600 anos atrás, no auge da civilização minoica e gerou um grande tsunami. O impacto daquela erupção fez-se sentir em toda a Terra, mas com particular intensidade na bacia do Mediterrâneo. A erupção parece estar ligada ao colapso da Civilização Minoica na ilha de Creta. Acredita-se que tal cataclismo tenha inspirado as posteriores lendas acerca de Atlântida.

Chegamos com um solzinho tímido e andamos pelas ruas de Fira olhando as lojinhas e ruazinhas. Tentamos ver o pôr-do-sol mas estava um vento tão gelado que desistimos.

Santorini – Fira

De noite encontramos um restaurante ótimo que vendia gyros, kebab e até cachorro quente grego, bem no centrinho de Fira, não descobri o nome então segue a foto da entrada:

Tudo que provamos lá estava maravilhoso! E o atendimento é show! Já era quinta-feira então tentamos a sorte na vida noturna. Fomos em um Pub escocês e em um irlandês, mas gostamos mais do irlandês mesmo, ganhamos vários shots de graça e os cocktails estavam com promoção de compre um ganha dois (vantagens da baixa estação). A música estava boa mas meio vazio, eu li no foursquare: lugar muito bom mas muito lotado, morremos de rir. Ainda sim foi divertido! 🙂
No dia seguinte o sol deu as caras, alugamos um carro no hotel mesmo, na Grécia achei super simples e prático o aluguel de carros. E saiu por €30 o dia, achei bem bom o preço, em alta estação, é o dobro :O havia a possibilidade de alugar quads novamente mas já tinha lido que não era a melhor opção e que bom que alugamos um carro porquê os pontos de interesse são mais longe e tem muito mais subidas e descidas que mykonos. Tem a opção de alugar scooters, que para quem sabe, deve ser interessante também.
Partimos para a Red Beach que é incrível!!!  Tem uma imensa rocha vermelha, a “areia” também vermelha contrastando com o mar e o céu, incrível! Só com uma foto para explicar:

De lá dá para fazer uma caminhada até a white beach mas pulamos esta. Um detalhe que achei legal lá e vi em outros lugares em Santorini são umas portas encravadas na rocha, parece uma entrada prum mundo secreto rs Sim eu adoro portas!

De lá fomos para as “praias negras”: Perissa e Kamari. Em Perissa, muito bonita e super diferente devido a areia (mais pedra que areia) negra e o mar super azul. Ficamos estiradas nas espreguiçadeiras e fizemos o pedido num restaurante mara que tem lá, quando estava tudo pronto eles chamaram a gente para mesa onde nos deparamos com isso:

Um mix de carnes, pães de alho, queijinho e tsaziki nesse ambiente fofo e vista pro mar, ô vida difícil!
Depois do almoço ficamos mais um pouco no sol, tava tão gostoso foi difícil me convencerem a ir para a próxima. Mas que bom que fomos porque a praia de Kamari é belíssima!
A cor do mar de Santorini é sem igual, nunca havia visto nada assim, e a água super mega cristalina, lindo lindo lindo!!! Em Kamari tem uma igrejinha linda em frente ao mar, que dá uma bela vista para praia.
Daí fomos voltando para o norte da ilha por estradinhas secundárias e fomos parando para olhas as praias e paisagens no caminho. Santorini é supreendente!
A última parada do dia, mas não menos importante foi a cidadezinha de Oia e seu famigerado pôr-do-sol!  A parte feliz é que quando chegamos lá a pessoa de seu conta que tinha perdido os chinelos… Podia estar em qualquer lugar, fiquei andando uma hora descalça pela cidade até achar chinelos com preço não abusivo. Achei uns horríveis de 3 euros que só duraram dois dias mas valeu rs Alguém deve ter ficado feliz de achar um par de havaianas, a que eu vi vendendo lá custava 40 euros!!
Oia é uma graça, lá que encontramos alguns dos cartões postais da Grécia! A igrejinha de teto azul, o mar de casinhas brancas, a caldeira, as ruazinhas estreitas cheias de lojinhas e que dão em precipícios para o mar azul, a cidade é uma poesia! O pôr-do-sol não foi tão glorioso, não estava nublado mas tinha algumas nuvens e a gente quase morreu congelada esperando, venta muitooo! Mas ainda sim foi muito lindo ver o sol se despedindo colorindo as casinhas brancas de laranja, valeu a pena o frio rs

Resumo do primeiro dia em Santorini

Santorini

Comemos outro Gyros no restaurante mara de ontem e fomos para o pub irlandês, até ganhei uma rosa haha A música tava boa, dose dupla de bebida, ganhamos uns shots, foi divertido! Mas ainda tava bem vazio apesar de ser uma sexta 😦
Sábado, nosso último dia fizemos um passeio para visitar o vulcão e a “hot springs”. O passeio de meio-dia custa 19€ e o do dia inteiro que também visita Thirassia e Oia custa 30€. ( Santorini Sailing). Como nosso barco para retornar a Athenas saía às 16:00, tivemos que pegar o mais curto que retornava às 14hrs.
O passeio sai do porto antigo e decidimos descer de burro ( o ideal era subir mas a volta tivemos o tempo super contado e preferimos não arriscar)! As meninas me xingaram toda a vida, digamos que descer de burro é bem emocionante! Não dá muita segurança sabe? Custou 5 euros, achei bem de boa o valor, vale pela experiência e a vista incrível! Agora o guia dos burrinhos era muito tarado, ia te ajudar para subir/descer e te pegava toda, meninas fiquem atentas é melhor dispensar ajuda.

Do porto pegamos uma escuna e fomos para primeira parada, a ilha Nea Kameni no famoso Volcano. É muito interessante que o mar próximo as ilhas fica verde e as rochas alaranjadas devido ao enxofre. Caminhamos cerda de 3 km (caminhada tranquila com uma vista de tirar o folego que faz você nem sentir o tempo passar) até o topo da ilha, onde existe a cratera Georgios, que continua ativa e de onde é possível ver a saída de vapor e as temperaturas em seu centro ultrapassam 100º.
A segunda parada foi a ilha de Palea Kamenique tem as “hot springs”, o legal é que a água fica semi-retida numa pequena baía e fica bem quente devido a atividade vulcânica. A parte ruim é que você tem que mergulhar na água gelada (10º) para chegar até essa baía. O primeiro mergulho você sente mas ok, a pior parte é sair da água quentinha e retornar para a água gelada para o barco, é um festival de gritos na fronteira, muito engraçado (agora, na hora foi péssimo). Ficamos só uns 15 minutinhos nesta baía, fiz um banho de lama vulcânica para hidratar a pele (a lama vulcânica tem efeitos benéficos em reumatismos, artritismos entre outros) , pena que não levei camêra, tava linda, sqn! Rsrs

Resumo do segundo dia em Santorini
Retornamos para Fira (subimos de teleférico 5€) tomamos um banho mega correndo as três e já fomos para o porto pegar nosso barco (blue star) para Atenas. Foram 8 horas de viagem, muito cansativo! Nós pegamos assentos air-seat que são até confortáveis mas viajar de tarde para mim é péssimo que quase não durmo e olha que sou dessas que dorme bem rs
Não é Santorini mas vou contar o último capítulo da história da viagem. Íamos dormir no aeroporto pois o barco chegou quase meia-noite, mas como a viagem foi bem cansativa preferimos ir para algum lugar tomar um banho e ter algumas horas de descanso decente. Reservamos no booking no barco mesmo e chegamos no hotel cerca de 00:15, o lugar era bizarro, e o recepcionista disse que ele não podia fazer nosso check-in que só o dono fazia e que era um senhor e não tinha telefone… Depois de cerca de trinta minutos ali olhando para cara do recepcionista que ficou no facebook o tempo inteiro e não fez absolutamente nada para ajudar, fui cobrar uma solução, ele resolveu levar a gente em outro hotel da rede. Era um pouquinho melhor, mas a região bem perigosa e os caras da recepção muito estranhos.. Um deles chamou minha amiga para pagar numa sala de luz negra bizarra. Enfim foi bem tenebroso nem tomamos banho e dormimos com a porta bem trancadinha, sorte que já íamos embora 5 da manhã do dia seguinte… Ai fica a dica, mesmo que seja só uma noite só fique em hotéis com nota de 8 para cima! Não vale arriscar…
O vôo foi super tranquilo e chegamos domingo a tarde de volto ao Porto cansadas, muito felizes e já sonhando com um retorno a Grécia, quem pilha???
Dicas de hospedagem, roteiro e transporte na Grécia neste post: Grécia – Roteiro.
Dicas de Atenas: Atenas em dois dias!
Dicas de Mykonos: Mykonos em dois dias! 
Mais fotos no meu instagram (roda_mundo) e na minha página do face: Roda Mundo.
Beijos,
Bi
Anúncios

4 comentários

  1. Olá, cheguei ao seu blog por acaso e adorei! Até salvei nos meus favoritos! Só senti falta de conhecer o rosto dos colegas que você vai citando ao longo do caminho!
    Abraços e tenha sempre uma boa viagem

    Curtir

  2. Olá Mariana, que bom que você gostou!
    Você tem razão, mas acaba que a gente quase não tirou foto das três, mas no post de Mykonos tem uma foto nossa, eu com minhas duas companheiras de viagem Ana e Rê. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s