Santiago

Ano passado eu estive duas vezes em Santiago, uma numa viagem que fiz com minha mãe e outra no final do meu mochilão, já encerrando a viagem e retornando para o Rio. Fiquei pouco tempo em ambas as vezes, então conheci alguns lugares numa viagem, outros na outra e ainda faltam muitos para conhecer!

Eu adorei Santiago, os chilenos são super simpáticos, todos que parávamos na rua nos ajudavam com a maior boa vontade, e é um povo muito alegre e acolhedor, como o nosso. Pretendo voltar lá quando puder…


Aonde ir: 
Falarei de alguns lugares que conheci, mas claro que ainda há muitos outros a serem explorados!

Um dos lugares mais bacanas é a Plaza de Armas, lá é onde fica o centro de Santiago e ao seu redor estão importantes construções históricas como a Catedral Metropolitana de Santiago do Chile, o Museu Histórico Nacional, o a prefeitura, entre outros. 



Outro lugar que não pode faltar na programação é o Cerro Santa Lucía. Ele se encontra localizado próximo a estação Universidad Católica , com 70 m de altura, onde há uma paisagem inigualável e conta com uma vista linda para parte da cidade com a Cordilheira ao fundo. A arquitetura do lugar também é muito rica!

Eu também gostei muito do Cerro San Cristóbal, o mesmo faz parte do parque Metropolitano de Santiago. Para subir use um bondinho (chamado de funicular), ou suba a pé (+- 1 hora). No topo do cerro está a estátua da Virgem Maria e também há uma bela paisagem, principalmente no pôr-do-sol. Existem muitas flores e locais especiais, vale muito a pena conhecer. O parque também possui um jardim japonês e um  zoológico que eu não tive oportunidade de visitar, mas é engraçado ver o monte de animaizinhos de pelúcia sendo vendidos na base do “cerro”.


Outro imperdível é o Palácio de Governo, ou La Moneda que possui uma das fachadas mais imponentes da América Colonial e é também sede do governo nacional. 



Aonde comer: 

Mercado Central
Possui bons e baratos restaurantes, grande parte deles de comida típica chilena e pescados. Nos indicaram o restaurante Donde Augusto que super aprovamos! Comemos Filé de Congrio com molho de camarões. Estava muito gostoso e o preço justo, aproximadamente R$20 o prato. O ambiente do mercado também é bem bacana, vale a pena conhecer e experimentar!



Noite: 
1) Show Folclórico Bali Hai com Jantar
Cristóbal Colón 5146  Las Condes, Región Metropolitana, Chile
(0)2 211 4375

Quando fui com minha mãe, estávamos com excursão e fomos para um jantar festivo no Bali Hai. O cardápio é super rico e existem diversas apresentações com danças e músicas típicas… O bacana é que eles chamam as pessoas da plateia para dançar no palco com os dançarinos, eu mesma fui duas vezes! Mas o melhor momento é quando chega o culto a cultura Rapa Nui, da Ilha da Páscoa, os dançarinos e dançarinas são incríveis!!! E no fim da noite acaba tudo em festa…

A decoração do lugar também é linda, no exterior, cinco enormes Moais lhe darão as boas vindas, e o interior é todo decorado com bambu, folhas, bem bonito e rústico. Os banheiros também são lindos, com pias em forma de conchas.. Um “oh” a parte! 🙂

2) Bella Vista
Quando fui no mochilão, eu e Luiza queríamos algo mais jovem e nossa escolha foi o bairro Bella Vista. Existem vários bares, com preços diversos! A cerveja era bem barata, e comemos um petisco chamado “salchipapa”, que é batata-frita com salsicha.. Bem gorduroso mas gostoso! Fomos lá dois dias e adoramos, um lugar muito bom para conversar e paquerar também.
Lá nesse bairro fomos numa discoteca chamada Galpon 9 (Chucre Manzur, Galpón 9, Barrio Bellavista). A boate é super linda e a música excelente.. E o melhor do chile: em quase todas as boates as damas entram de graça (pelo menos durante a semana e em algumas, nos finais de semana também)!! 🙂 Mas a entrada masculina era barata também, de graça comparada aos preços cariocas!
Dica: Não deixe de experimentar o ” Pisco Sour”, é um drink parecido com caipirinha e é uma delícia!
Mais dicas:
-Outros lugares divertidos e interessantes sao: “la piojera” ( que é um lugar com muita historia, popular e que ficão todos bêbados cantando hahauahauha) “orrego luco” (uma rua pequena, sem saída, mas divertida demais!). Dica de um amigo chileno fanfarrão!
 Dizem que os restaurantes “Como água para chocolate” e o giratório são incríveis, mas ficarão para próxima viagem, me parecem mais românticos.. Já fui para o Chile com a mãe, com uma amiga e agora na próxima quem sabe não vou de casal? 😉

Onde ficar: 

Hostel Luna Calypso
Endereço: Manuel Antonio Prieto 0184, Providencia.

Eu amei esse albergue!! A dona é um amor, o ambiente é limpo, o café da manhã justo, as camas confortáveis e o ambiente é bem tranquilo… Nos sentimos em casa e por um preço ótimo (+-25 reais o quarto compartilhado)! Além disso o hostel fica pertinho de tudo e a gente nem precisou de transporte público para esses pontos turísticos que citei, fazíamos tudo a pé! Também fica localizado numa região super calma e segura.. Aprovadíssimo! Com certeza minha primeira opção!

Dica: Eu sempre faço a reserva pelo site Hostelbookers. Já reservei zilhões de vezes com eles e nunca tive problemas…


Quem vai a Santiago também não pode deixar de conhecer a belíssima Vina del Mar e Valparaíso, tema do nosso próximo post! 😉

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s